Chupei meu primo

Brinquei com o primo e acabei levando leitinho na boca contos eróticos

sexo com primo
Chupei meu primo contos eróticos

Junior era quem me encoxava nas brincadeiras de pique esconde; ele sempre vinha atrás de mim só pra fazer isso. Ele sempre usava a mesma desculpa pra me tapear, ele me mandava ficar de vigia e me colocava de 4 no chão. Eu tinha que fazer silêncio ou alguém nos pegaria no nosso esconderijo e eu não gostava de ser pega no pique então ficava quietinha. 

Junior atrás de mim se deliciava na minha bunda, ele pressionava sua pica no meu rabo até não aguentar mais de tesão, depois ele ia tentando abaixar minha roupa até me deixar pelada da cintura pra baixo. Me deixar seminua não era tão difícil, pouco tempo depois de roçar atrás de mim eu já ficava fácil pra ele e aceitava tudo o que acontecia. 

Raramente ficávamos sozinhos, sempre tinha alguém e por isso ainda não tinha tido a oportunidade de ver sua piroca direito. Ficávamos apenas roçando escondido em algum lugar até ele gozar em mim, meu cuzinho sempre estava com porra dele e naquela época ele se excitava por qualquer coisa então sempre sobrava pra mim. 

Num raríssimo dia em que minha tia precisou sair cedo eu fiquei com ele em casa até meio dia, fui acordada pelo Junior que já ouriçado subia em cima de mim na cama roçando seu pau na minha bunda. Fiz todo meu ritual da manhã desde escovar os dentes até tomar café com ele se esfregando na minha bunda. 

Cada vez mais eu via seu pau duro formando uma barraca no seu short; junior fazia questão de me deixar ver como tava duro e as vezes até colocava pra fora por uns segundos. Eu brigava com ele quando isso acontecia, fingia que achava aquilo errado e que contaria pra alguém se ele mostrasse de novo. 

Em um momento, enquanto eu tomava café, junior ficou atrás de mim roçando seu pau nas minhas costas; levei um tempo considerável sentindo seu pau tocar na minha pele até reclamar com ele. Quando terminei ainda inventei de lavar os pratos e ele veio atrás de mim, cravado no meu rabo ele fingia estar metendo em mim fazendo movimentos de vai e vem. 

Seu pau tava bem duro então ele encaixava no meio das minhas pernas e se movimentava ali, eu ainda usava um shortinho de dormir então sentia bem direitinho seu pau na minha bucetinha. Briguei com ele quando ele botou a pica pra fora e meteu no meio das minhas pernas, depois disso finalmente saiu de perto de mim e foi assistir tv. 

Quando apareci na sala sua piroca ainda estava dura, eu ainda usava minha roupa de dormir e sentei ao seu lado no sofá. Junior logo inventou uma coisa pra gente fazer e eu aceitei, mas a regra era que eu teria que fazer tudo o que ele quisesse ou a brincadeira não iria funcionar. 

A brincadeira era pra hipnotizar e eu deveria fingir que tava funcionando porque a gente tava apresentando num show; eu concordei e logo tava de 4 no chão fingindo que era um cachorro. Ele me botava pra andar a casa inteira daquele jeito e até pegou uma coleira pra mim, mas ele só queria ver mesmo era minha pepeca pelo meu short folgadinho de dormir. 

Junior me hipnotizava e me colocava pra fazer um monte de coisa, seu último pedido foi me fazer chupar um geladinho, mas a gente não tinha aquilo em casa. É claro que ele tinha uma grande ideia pra substituir e logo balançou sua pica na minha frente me dizendo que era pra chupar até sair o recheio. 

Me recusei na hora e tava levantando do sofá quando ele me fez sentar de novo e me lembrou da promessa que eu havia feito de que faria qualquer coisa que ele mandasse. De uma forma meio bruta eu o empurrei para tirá-lo de cima de mim e aceitei fazer aquilo, dei uma lambida na cabecinha e rapidinho já estava com seu pau inteiro dentro da minha boca. 

Chupei sua piroca enquanto ele me guiava nos movimentos, me fez chupar suas bolas e aguentar seu pau todo no fundo da minha garganta. Junior não aguentou segurar seu leite por muito tempo e rapidinho despejou aquilo na minha boca, na primeira vez achei o gosto horrível e cuspi tudo no chão, mas das outras vezes foi ficando mais gostosinho e passei a mamar seu pau enquanto nos escondíamos no pique esconde.

By - Contos Eróticos I Sheillaxv

Comentários