Trepada lésbica no escurinho do cinema

Recentemente tive a melhor noite de cinema da minha vida. Faz pouco tempo que me assumi bissexual pra minha família e comecei a sair com garotas. Eu tinha vergonha dessas coisas. Quando comecei a criar coragem de sair assim com mulheres eu já estava com uma amizade muito grande com a Camila. 

Ela era quase a minha tutora sapatão. Saíamos juntas pra tudo que era lugar e sempre que dava a gente deixava rolar uns beijinhos entre a gente. Eu tinha um puta tesão naquela menina, mas sempre tive que esconder e manter só aquela postura de pegar na brotheragem. Marcamos de ir no cinema no dia do meu aniversário de 21 anos, era só eu e ela ali. 

Fiquei um pouco nervosa, mas não sei porque, nunca fui boa em esconder as coisas então assim que ela percebeu meu estado ela segurou na minha mão, nessa hora já tínhamos entrado na sala. Escolhemos as cadeiras de cima por serem mais discretas, praticamente só tinha nós duas ali. 

Na fileira da frente tinha apenas um casal, o resto do pessoal estava todo concentrado mais na frente. Antes de começar o filme já estávamos nos amassos. A mão dela estava em cima da minha perna e enquanto ela me beijava; sua mão ia subindo procurando minha buceta por cima da minha roupa. 

Aquele jeito safado dela sempre me deixou com um puta tesão. Não demorou muito pra que eu abrisse mais minhas pernas e deixasse ela ter acesso a minha xota ali na sala do cinema. Como eu já sabia a safada que ela era eu fui de saia só pra facilitar as coisas. 

Quando o filminho começou a Camila já estava dedando minha xoxota, eu tentava fazer pouco barulho pro casal da frente não perceber a putaria que rolava solta atrás deles, mas cada vez que ela enfiava seus dedos dentro de mim eu tinha vontade de gritar. 

Meus gemidos ficavam abafados com os beijos quentes que minha amiga dava em mim. Depois de um tempo a gente nem parava mais pra assistir o filme só pra ficar naquela putaria, a sala do cinema era nosso motel particular. Ela tentava alcançar meus peitos e deixar eles pra fora, mas seria exposição demais e eu tive medo de alguém nos flagrar. 

Tentei negar, mas sua insistência safada me fez ceder aos seus caprichos. Eu estava ali com as tetas pra fora dando de mamar pra minha melhor amiga. Os dedos dela ainda estavam dentro da minha calcinha fazendo carinho na minha xana quando eu tive meu primeiro orgasmo da noite. 

Quando eu gozei ela tirou seus dedos da minha buceta e levou até minha boca me fazendo chupar meu próprio melzinho, depois ela passou bem em cima do biquinho do meu peito. Minhas duas tetas estavam pra fora da blusa e ela intercalava pra não deixar nenhum de fora da sua boca. 

Cheguei bem pertinho do ouvido dela e disse que a língua dela era incrível, mas pena que eu não iria sentir na minha xota...quando eu disse aquilo ela fingiu ter caído algo no chão e se abaixou na minha frente. De joelhos ela me puxou o máximo que podia da cadeira e me deixou toda arreganhada pra ela. 

Sua boca logo alcançou minha xoxota e aquela safada chupou minha xana feito uma bezerrinha. Meu segundo orgasmo da noite foi em sua boca. O filme terminou e eu fui me recompor no banheiro. 

Na volta eu me bati com o namorado da menina que estava em nossa frente, ele com um olhar safado se aproximou de mim como quem não queria nada e perguntou se depois da linguada eu não queria sentar no pau também. 

Pensei em dar uma resposta grosseira pra ele, mas quando vi o volume enorme na sua calça eu desisti e fui saindo de perto. Quando cheguei em casa fui tomar banho e me masturbei horrores pensando em uma trepada deliciosa com a Camila e com o safadinho que a gente encontrou no cinema.
lesbicas safadas no cinema
By - Sheillaxv 

Comentários