Meu cunhado abusava de mim escondido

Minha família me ensinou a ser uma mulher submissa dos homens, por isso quando tive meu primeiro namorado eu não sabia me impor como deveria e acabei sendo abusada diversas vezes pelo meu cunhado. 

Éramos todos da igreja, mas quando comecei a namorar eu me desviei um pouquinho e passei a frequentar os mesmos lugares que meu namorado. Era divertido estar com ele e eu adorava aquele clima de putaria, apesar de que alguns de seus amigos e principalmente meu cunhado me tratavam com deboche porque sabiam que eu era de família cristã. 

Isso durou por muito tempo e eu até levava na brincadeira antes dele começar a passar a mão em mim, nem depois desse episódio eu criei coragem pra falar com meu namorado. Eu deixava sempre de lado pra não causar confusão. 

Tudo começou quando meu cunhado passou a mão pela primeira vez na minha bunda, estávamos num churrasco do tio deles e quando meu namorado saiu por uns instantes meu cunhado chegou atrás de mim e deu uma passada de mão na minha bunda que quase me levantou do chão. 

Na hora eu bati em sua mão e reclamei dizendo que contaria pro irmão dele, mas quando vi que ele estava bêbado eu desisti. Ele passou o resto do dia e um pouco da noite aproveitando seus momentos a sós comigo pra passar a mão em mim. Eu toda recatada não fazia nada além de pedir pra ele parar. 

Achei que teria acabado naquele dia, mas as vezes que eu dormia em sua casa era um inferno. Meu namorado sempre dormia primeiro no sofá e quando meu cunhado percebia que o corno já havia capotado ele vinha pro meu lado e começava a passar a mão nos meus peitos. 

As vezes ele colocava os dois pra fora e ficava brincando, eu colocava uma almofada na frente pra se caso meu namorado acordasse não iria ver aquela cena absurda de cara. Minha vontade era de gritar e mandar ele pra puta que pariu, mas ele me olhava de um jeito tão violento que eu acabava ficando receosa. Meu cunhado mamava minhas tetas e mordia o biquinho; deixava bem vermelhinho. 

Ele tentava tocar na minha buceta, mas nem sempre dava certo porque meu namorado dormia com a cabeça no meu colo e isso dificultava a vida dele. 

Meu ponto fraco era quando meu cunhado colocava uns filmes de putaria pra assistir, eu ficava morrendo de vergonha e pedia pra ele mudar, mas aquilo tinha um preço e eu tinha que pagar toda vez que mudava de canal sem a permissão do meu cunhado. 

Ele com a pica extremamente dura ficava só esperando aquilo acontecer pra ele sacar pra fora e me colocar pra punhetar a sua pica. Sem jeito eu pegava naquela jeba enquanto ele me guiava com sua mão. Ele sempre acabava tentando despejar sua gala dentro da minha boca, mas eu fechava e ele esporrava tudo no meu rosto. 

Toda lambuzada eu tentava limpar meu rosto me mexendo o minimo possível pro meu namorado não acordar. Descobri pouco tempo depois que meu namorado sabia de tudo aquilo que acontecia, eles só me usavam pra tentar me descabaçar primeiro. 

Depois que descobri isso eu passei a interligar os fatos; sempre que meu cunhado estava me forçando a bater punheta pra ele eu sentia uma mão tentando tocar minha buceta, eram os dedos do meu namorado, ele fazia isso só pra ver se eu estava molhada. 

Sempre ficava um volume a mais na bermuda dele enquanto eu irmão abusava de mim, mas na época eu não sabia o motivo. Acabei liberando minha xana pro meu cunhado na cozinha da casa deles, nesse dia eu tive que voltar pra casa com minha buceta pingando porra porque o safado ejaculou dentro de mim. Quando meu namorado finalmente conseguiu comer minha xota ele terminou comigo. 

sexo forçado

Comentários