Me flagraram tocando siririca na Lan House I Contos Eróticos

Eu não tinha computador em casa, quando eu precisava fazer algum trabalho da escola eu tinha que ir pra uma lan house ou então na casa da minha vizinha, mas eu não gostava muito de ir lá porque não tinha muita privacidade e quando terminava meus trabalhos eu gostava de ver umas coisinhas na internet. 

Eu sempre me masturbava um pouquinho só pra relaxar, e na casa da minha vizinha eu não tinha privacidade pra isso. Eu costumava ficar numa lan house que tinha divisórias pra cada computador, uma espécie de sala improvisada. Eu não sabia que os funcionários podiam me ver pela câmera e também não sabia que eles tinham acesso ao conteúdo que eu tava vendo. 


Quando terminava de fazer minhas coisas eu acessava o xvideos e tocava uma siririca, no início quando eu fazia isso o guri que ficava nas câmeras ele me olhava de um jeito estranho, mas nunca dizia nada. Com o tempo a gente foi pegando intimidade e ele começou a dar indiretas como se soubesse o que eu tava fazendo. 


A última vez que estive lá; dois desses homens abriram de vez a porta, levei um baita susto, minha mão tava enfiada dentro da minha calcinha. Fiquei até com falta de ar na hora. Me ameaçaram e levaram até mim um vídeo em que eu estava siriricando minha buceta, me fizeram seguir os dois até os fundo da lan house onde não tinha ninguém. 


Eu não podia gritar e nem sair dali. Meu cu ficou trancado de medo imaginando o que seria de mim naquele momento. Me fizeram agir igual uma cadela adestrada, colocaram suas pirocas pra fora e me fizeram chupar as duas ao mesmo tempo, eu levava tapa na cara todas as vezes que eu mordia um sem querer. Parecia um pesadelo, mas a pica até tinha um gostinho bom. 


Eles tiravam fotos minhas de 4 sem roupas, enfiavam o dedo no meu cu e me fazia lamber. Me chuparam o cuzinho e a buceta, um de cada vez. Minha buceta as vezes piscava e eu me sentia muito mal por estar gostando do abuso que eu tava sofrendo. Então eles sentaram numa cadeira velha que tinha, ficaram um de frente pro outro. 


Eu ficava quicando na piroca de um e pagando boquete na outra piroca. Alguém destrancou a porta por fora e me viu naquele estado. Rindo ele perguntou se eu era a putinha da siririca e os dois responderam que sim. Chamaram o terceiro pra brincadeira e ele veio, tirou sua roupa expondo seu pau pra fora, rapidinho ficou duro e agora eu tinha que chupar duas pirocas enquanto sentava em outra. 


Me forçaram uma dupla penetração e nessa hora eu gozei. Apertei meu cuzinho por causa do orgasmo e levei um tapa no rosto por ser uma vadia. Eles riam e falavam que eu queria pica faz tempo. No fundo eu queria mesmo, mas não aquela humilhação. Eu tinha medo de mais alguém descobrir e só torcia pra acabar logo. 



Eles mordiam meu peito e dava tapas na minha bunda, fiquei toda vermelha e marcada. Os três gozaram em mim ao mesmo tempo. Lambuzaram bastante e por fim tive que limpar o pau de cada um. Eles vestiram a roupa e gravaram eu vestindo a minha. 


Quando eu estava saindo eles me chamaram no cantinho e falaram que fizeram isso pra eu nunca mais tocar siririca pra vídeos de sexo forçado, agora eu tinha o meu próprio ``amador forçado`` pra me siriricar.
contos eroticos sexo forçado

Comentários