O vizinho negão me deu uma lição com sua piroca

Gabi aos 18 aninhos teve a sua primeira lição: ``Nunca excite um homem se não está disposta a trepar gostoso``. Seus seios redondinhos e deliciosos virou almoço de um homem faminto por sexo. Há dias que Fábio não trepava com sua esposa. Ele estava louco de tesão e se aproveitou dessa ninfeta gostosa. 


Fábio era casado há 7 anos com a Juliana, o casamento ia muito bem, mas ele era um comedor assumido, Fábio não conseguia ficar só com uma mulher e Juliana sabia disso. Ela fazia tudo o que Fábio queria na cama, mas não era o suficiente, ele precisava de uma xota diferente. 


Sua vizinha Gabi tinha acabado de completar seus 18 aninhos. Sempre muito provocante ela passava na frente do Fábio no maior charme. Ele comia sua bunda com os olhos. Ao lado de Juliana ele não conseguia esconder o tesão que ficava quando a garota passava. 


Juliana, sua mulher, sabia que a qualquer momento ele iria explodir e iria acabar fodendo essa menina. Ela era muito grata pelo marido incrível que Fábio era então resolveu fazer um agrado pra ele. Gabi precisava de um dinheiro pra comprar suas coisas. Como eram vizinhas próximas ela acabou sendo contratada para trabalhar na casa do Fábio. 


Todos os dias Juliana saía de casa no mesmo horário pela manhã e voltava pra casa somente tarde da noite. Fábio era mecânico e trabalhava na garagem de sua casa. Gabi tinha tempo de sobra para apreciar o corpo sarado do Fábio. Vestida com um short de pano bem curtinho Gabi deixava claro que ela estava pronta pra liberar o cuzinho. 


Os primeiros dias se passaram e as trocas de olhares deram lugar a umas conversas um pouco mais ousadas, durante as pausas da faxina; a Gabi sempre ia pra perto do Fábio, ele sempre muito assanhado jogava uns comentários falando da sua roupa ou como ela tava muito gostosa. 


Gabi levava tudo na brincadeira e a cada dia ia mais provocante. A safadinha começou a usar o banheiro próximo a janela e deixava a porta aberta pro Fábio espiar sua bucetinha. Ele ficava louco com tudo aquilo, mas se controlava. 


Semanas se passaram e a cada dia ela provocava seu vizinho de uma forma diferente. Até que duas latinhas de cerveja depois deixou Fábio excitado a ponto de querer sexo a qualquer custo e seria com a Gabi querendo ela ou não. Como quem não queria nada ele chegou por trás de beijou seu pescoço. 


Rindo ela olhou pra trás tentando afastar ele empinando sua bunda, mas Fábio não enxergou desse jeito e achou que ela queria mais. Segurando agora em sua cintura ele beijava e dava chupões no seu pescoço fazendo a Gabi ficar toda arrepiada. Seu pau ficando cada vez mais duro quase saía pra fora da sua calça. 


Ele a virou de frente pra ele e beijou sua boca com muito desejo. Sua pele arrepiada dava sinais de que ela estava louca para dar sua buceta, mas Gabi pedia pra ele parar. Contrariado com tanta negação ele a jogou no chão rasgando seu short. 


Assustada por tamanha violência ela pedia pra ele parar enquanto Fábio abria suas pernas com gosto e enfiava sua cara na xota dela. A Gabi estava adorando aquilo, mas não podia admitir, Fábio louco de tesão chupava cada vez com mais vontade. Ela gozou em sua boca enquanto pedia pra ele parar. 


Mirando seu pau na entrada da sua buceta ele enfiou de vez bem no fundo da sua xana. Escorreu uma lágrima no canto dos seus olhos da Gabi, ela não tava acostumada com aquela grossura de pau, mas teve que aguentar, pois não tinha forças pra sair. 


Ele metia dentro da buceta dela como se tivesse preso sem trepar há anos. A dor logo foi dando lugar a uma sensação gostosa e ela logo relaxou. Gozando pela segunda vez em seu pau a Gabi começou a rebolar pra dar mais prazer ao seu macho. Depois de encharcar a buceta dela de porra ele se levantou e guardou o pau deixando ela jogada na sala da sua casa ainda sem conseguir se mexer direito. 

hq de sexo

By - Sheillaxv


Comentários