Meu professor de ballet me comeu

Sempre gostei de dança. Sou apaixonada por movimento desde criança. Minha mãe sempre incentivou esse meu hobbie, mas por perto de onde eu morava não tinha uma escola própria. 



A mais próxima era um homem que dava aulas, por isso o meu pai ficou com um pé atrás. Ele só aceitou porque eu insisti muito. 


Chorei horrores até que ele mesmo me levou pra fazer matrícula. As primeiras aulas até que foram tranquilas, meu professor era super atencioso comigo e as vezes ia ensinar o movimento grudando o corpo dele ao meu. 


Eu achava que era certo porque ainda não tinha noção. Eu era bem magrela nessa época então facilmente ele conseguia me levantar e fazia isso toda hora. 


Quando eu menos esperava meu professor me jogava lá em cima e me descia grudando no seu corpo. Quando eu chegava na sua cintura ele me abraçava forte fazendo minha bunda encostar com força no seu pau. 


Com o tempo eu comecei a reparar que eu ficava meia hora a mais que as outras meninas, ele dizia que era porque eu demorava de aprender, mas comecei a reparar que ele só fazia ficar atrás de mim por um tempo, ou então me fazia sentar em seu colo e aí eu ficava com os braços pra cima enquanto ele se mexia em baixo de mim. 


De vez em quando ele aproveitava que eu tava pendurada em seus braços pra ficar enfiando seu dedo no meu cuzinho, reclamei uma vez, mas ele não parou, chegou até a falar que era pra melhorar minha postura. 


Qualquer coisinha era motivo pra fazer isso. Um dia que meu pai demorou de me buscar meu professor colocou seu pau dentro da minha boca e me fez chupar até ele gozar, eu até disse que não queria no começo, mas ele insistiu muito... na verdade eu tava doida pra ver como era a piroca dele, mas não queria deixar muito evidente, eu tinha muita vergonha. 


Quando ele tirou seu pau pra fora eu me assustei, mas adorei ter aquilo na minha boca e gozando dentro dela. Como eu era novinha ele dizia que aquilo era pra me deixar mais esperta pro movimento, mas eu já tinha noção do que tava acontecendo. 


Não vou negar que gostei, mas a forma que ele fez me assustou. Depois de gozar na minha boca ele perguntou se podia fazer o mesmo comigo e eu acabei respondendo que sim. Então ele me deitou no chão e tirou a minha calça. 


Me deixou completamente nua e abriu minhas pernas enfiando sua língua lá no fundo da minha buceta. Ele ficava chupando meu grelo falando que eu podia gozar na sua boca. Nesse dia ele não me penetrou mas ficava enfiando seu dedo dentro de mim. 


Quando meu pai buzinou do lado de fora ele se assustou e me vestiu. Foi me levar até a porta com a cara mais lavada do mundo. 


Ele cumprimentou meu pai e disse que eu era a melhor aluna dele, meu pai todo orgulhoso nem imaginava por qual motivo....

contos eroticos

By - Sheillaxv

Comentários