Fui visitar minha tia e acabei fudendo com ela


Tia Fátima tinha acabado de terminar seu casamento de 14 anos. Minha mãe pediu pra que eu passasse uns dias em sua casa pra ela não se sentir sozinha. Uma mulher de 40 anos, mas muito sexy. Ela era diretora de escola, mas tinha se afastado por uns tempos depois da separação. 


Meu tio morria de ciúmes quando descobria que algum aluno tinha dado em cima dela, esse era o motivo de muitas brigas entre os dois. Ela gostava de se cuidar e mantinha um cabelo loiro que a deixava bem gostosa. Eu tinha um certo tesão nela, mas sempre respeitei por ser minha tia. 


De vez em quando eu tinha sonhos eróticos no qual eu passava horas chupando sua buceta, sempre quis ver como era. Nos dias que eu dormi em sua casa eu fiquei no seu quarto com ela por causa do ar condicionado e porque ela não curtia dormir sozinha. 


Eu amei ela ter dado essa idéia e nem foi por causa do ar. Eu curtia assistir filmes então sempre pedia pra ligar a TV antes de dormir, ela pegava no sono primeiro que eu e no meio da noite seu seios acabavam saindo pra fora da blusa folgada que ela usava. 


Eu tinha vontade de mamar naquelas tetas, mas me controlava e ficava só na siririca vendo aquelas tetas deliciosas.  A gente conversava sobre tudo  até sobre minha sexualidade que eu não tinha assumido ainda pra minha mãe, ela perguntava quando eu iria fazer isso. Sempre achei que conseguia esconder muito bem, e fiquei até surpresa quando ela me perguntou. 


Ela dizia que não precisava eu me preocupar com isso porque ela também já tinha tido suas aventuras lésbicas quando era mais jovem. Nossa relação ficava cada dia melhor, tomávamos café juntas, tomávamos banho de piscina o tempo inteiro, e na hora do chuveirão ela sempre tava comigo. 


Em uma noite ela pegou no sono rápido e acabou me abraçando, ela deve ter achado que eu era seu marido e pra não ter que acordar; eu deixei. Seus braços em volta de mim e eu mal respirava pra não acordá-la.  Pouco antes de tentar me beijar ela soltou que estava com saudades, ela não fazia noção de que era sua sobrinha que estava ali. 


Sei que era errado, mas deixei ela me beijar e ainda correspondi. Ela enfiou sua língua na minha boca e eu a puxei pra cima de mim; vindo com muita facilidade eu comecei a desconfiar se realmente estava dormindo. Não tinha como uma pessoa não acordar estando naquela posição. 


Minha mão passeava por todo seu corpo aproveitando cada pedacinho daquela mulher. Coloquei-a deitada e fui beijando seu pescoço descendo até chegar nas suas tetas, dei uma parada pra ver se ela abria os olhos, mas se manteve no seu personagem de que estava dormindo. 


Mamei nas suas tetas gostosas por bastante tempo. Eu queria mais e fui descendo, ela já não estava mais dormindo...ela gemia e pedia pra eu continuar. Quando cheguei em sua buceta ela estava bem molhada. Coloquei sua calcinha pro lado e chupei sua xota. 


Eu enfiava um dedo em sua buceta enquanto lambia seu grelo duro, os gemidos dela acabava comigo, me deixava com mais tesão ainda.  Não aguentei e toquei uma siririca na minha buceta enquanto chupava a xota dela. 


Gozei primeiro, logo depois eu senti suas pernas se fechando na minha cabeça e sua buceta piscando na minha boca. A quantidade de gozo que saía da sua buceta dava sinal que ela também tinha gozado. 


Ainda sem abrir os olhos minha tia Fátima colocou sua calcinha de volta no lugar e se virou de lado. Ela acordou já falando que dormiu e capotou, nega que gozou em minha boca, mas sou louca pra chupar de novo.
lesbicas gostosas
By - Sheillaxv


Comentários