Flagrei minha mãe sendo chupada pela minha prima

Minha mãe sempre foi uma mulher muito preconceituosa, ela sempre odiou o fato de eu ter me assumido bissexual e vivia tentando fazer eu mudar de ideia. Mas depois do fim de seu casamento de 18 anos ela mudou bastante. 


Não que tenha começado a aceitar meus relacionamentos com homens e mulheres, mas depois desse término ela passou a implicar menos. Ela não queria conta com uma prima minha assumidamente lésbica, o máximo que essa prima chegou na minha casa foi até o portão e sempre voltava de lá porque minha mãe se recusava tratar ela bem. 


O nome da minha prima é Jéssica, bem sapatão recentemente ela até cortou o cabelo. E por incrível que pareça minha mãe disse que tinha gostado do novo estilo, fiquei surpresa na hora, fiquei mais ainda quando um dia voltando pra casa do trabalho eu encontrei minha prima Jéssica no sofá da minha casa esperando minha mãe passar o café. 


Eu tava amando essa mudança repentina da minha mãe, mas não sabia o motivo disso, e nem desconfiava de nada, eu sabia que ela com certeza tava trepando com alguém e gozando bastante, mas eu não sabia com quem. Mas numa segunda feira em que eu fiquei doente no trabalho e tive que voltar mais cedo pra casa eu entendi o porque de toda essa mudança. 


No quarto soavam gemidos enlouquecidos dela, isso me deixou curiosa pra saber o que tava acontecendo, me aproximei até a porta que estava entreaberta, e encontrei minha mãe uma mulher de 47 anos nua de 4 sendo chupada e masturbada pela minha prima lésbica. 


Jéssica se deliciava na sua buceta, chupava como se fosse a última xota do mundo, elas estavam de lado pra porta então eu conseguia ver minha prima puxando o grelo da minha mãe e soltando. Morrendo de tesão ela pedia mais e Jéssica atendia. Parecia que ela estava se controlando pra não gozar naquele momento só pra ser chupada por mais tempo. 


Então Jéssica puxou minha mãe pra cima da sua cama e fez ela ficar de pernas arreganhadas pra ela, usando um vibrador na sua buceta ela a fez gozar com tanto tesão que o gemido quase chegou à casa do vizinho. Seu gozo escorreu pela sua buceta, mas Jéssica não tinha terminado ainda. 


Enfiando seu dedo na buceta da minha mãe ela chupava seu grelo e a fudia ao mesmo tempo. Logo minha mãe se recuperou do primeiro orgasmo e tava pronta pro segundo. Jéssica gostava de provocar até o último segundo e quando minha mãe não conseguia mais segurar ela parava. 


Me senti mal por estar ali olhando, mas fiquei com tesão e continuei assistindo. O vibrador nem segurava mais na buceta dela, de tão melada ele escorregava de dentro da sua xota, a Jéssica lambia tudo com muito gosto.  


Prestes a gozar de novo minha mãe implorou pra Jéssica não parar e ela atendeu, o gozo foi tão forte que eu acredito ter visto até um leve esguicho saindo da sua buceta. Deitadas lado a lado eu não queria ser a inconveniente de aparecer na hora e estragar tudo então fui pra fora de casa e liguei pra minha mãe avisando que estava chegando, ela atendeu quase sem voz de tão cansada. 


Quando cheguei a minha prima já não estava mais em casa, seu quarto só cheirava a sexo, tive que ir até lá pra conferir. A minha siririca toda noite lembrando desse flagra foi certo por bastante tempo.
lesbicas contos eroticos
By - Sheillaxv

Comentários