Aprendi andar de bicicleta sentando na pica I Contos Eróticos

Não aprendi andar de bicicleta quando era criança. Aos 20 entrei numa academia e acabei contando pro meu instrutor, ele passou uma semana inteira me perturbando por causa disso. Ele se ofereceu pra me ensinar a montar na bike, mas eu acabei foi montando na sua piroca.


Eu não era uma criança muita ativa pra esse tipo de brincadeira. O máximo que eu fazia era brincar de pique esconde. Acabei crescendo e não me interessei em aprender. 


Depois que eu contei pro meu instrutor de academia que não sabia montar ele resolveu me ensinar na marra. Ele disse que eu não precisaria pagar por 1 mês se eu aprendesse andar com ele. 


Eu não podia perder essa oferta e aceitei. A gente ia começar na pracinha perto da academia, mas eu tinha vergonha de aprender por cauda da quantidade de gente na rua. Meu instrutor sugeriu que a gente fizesse isso num campo perto da sua casa, era sempre vazia e se por acaso aparecesse alguém; não daria pra saber quem era por causa da distância. 


Realmente, o lugar era super deserto, não passou uma pessoa no primeiro dia. Quando minha aula terminou a única coisa que eu sabia fazer direito era pedalar, mas ainda sem muito equilíbrio. Acabei contando pra uma amiga minha que meu professor tava me ensinando e ela logo falou que meu instrutor queria era me comer, eu não acreditei, achei realmente que era só gentileza. 


No segundo dia de aula o meu querido instrutor disse que ficaria atrás de mim me segurando e que eu teria que pedalar. Morri de medo de cair, queria que ele me segurasse de lado, mas ele dizia que daquele jeito eu não iria aprender nunca. O problema é que quando ele ficava atrás de mim e eu estava prestes a cair ele segurava nos meu peitos e não na minha cintura que era o ideal. 


No começo eu achei que ele fazia isso sem querer, mas ele demorava pra soltar minhas tetas e foi aí que eu comecei a achar estranho. Teve uma hora que a gente caiu e eu me levantei, mas o safado não soltou meus peitos mesmo não sendo mais necessário me segurar. Pedi pra gente ir embora pois tava ficando tarde, mas ele insistiu pra gente ficar só mais um pouquinho.


De rabo de olho eu olhei pra baixo e vi um volume imenso no seu short. A malha da sua roupa era bem fininha, certeza que ele tava usando isso pra encoxar minha bunda com mais tesão. Meu instrutor disse que tentaria uma última coisa pra gente ir embora. Ele ele me fez subir na bike e ficar olhando pra frente mais sem sentar no banco. 


Ele ficou atrás de mim e colocou seu pau pra fora em cima do banquinho e me fez sentar devagar. Pela frente eu via a cabeça do seu pau saindo, mas fiquei calada fingindo que não sentia nem via nada. Ele pedia pra eu não sentar muito forte pra eu não perder o equilíbrio. O safado tava abusando de mim e eu deixava. 


Atrás de mim ele dava uns gemidinhos abafados. Eu perguntava a toda hora se podia começar a pedalar, mas ele pedia pra esperar só mais um pouquinho. Meu instrutor beijou meu pescoço e me tirando da bicicleta me encostou numa árvore que tinha ao lado, eu tentava negar seus beijos, mas ele era tão persuasivo que eu não aguentava. 


Eu não queria fazer aquilo com ele na rua, mas enquanto eu pensava em dizer ``não`` o safado já tinha abaixado minha roupa até metade da bunda e já estava com seu pau encaixado na entrada da minha buceta. Ele cuspiu na ponta do seu pau e lubrificou bastante antes de me penetrar. Devagarzinho ele me fez sentar no seu pau e rebolar gostoso. 


Eu tinha um medo absurdo de ser flagrada por algum menino que tava indo jogar bola, mas ele sabia que não iria passar ninguém ali por isso me levou até lá. Antes de gozar dentro de mim ele ainda colocou minhas tetas de fora e mamou um pouco. 


Depois de esporrar dentro da minha buceta ele me levou de volta pra casa perguntando quando seria a próxima aula. Bom... eu ainda não sei andar de bicicleta direito, mas tive aula intensiva o mês inteiro
hentai bike
By - Sheillaxv

Comentários