Meu fisioterapeuta comeu meu cu escondido


Aos 16 anos eu tive uma queda de moto. Passei uns meses com gesso e quando tirei tive que correr pra fisioterapia. 



Sempre fui muito pra frente quando o assunto era homens bonitos e quando cheguei no consultório e vi que o fisioterapeuta era gostoso eu logo me animei; comentei com uma amiga que tinha ido comigo que se ele quisesse fazer os exercícios no meu quarto eu aceitaria de boa. 


Acho que falei alto demais, ele deu um sorriso e entrou. Quando chamaram meu nome eu caí logo na sua sala, entrei sozinha toda grilada pelo o que eu tinha acabado de falar. 


Mas a culpa não era minha, ele era um tesão de macho... um homem alto, braços fortes, cabelo baixinho; esse estilo de homem me deixava com um tesão da porra. 


Nessa época eu só pegava homens desse jeito. Entrei na sala e entregando minha ficha ele logo pediu pra eu sentar na maca para ver o estado da minha perna. 


Fez todos os exames palpáveis em mim segurando exclusivamente com uma mão apoiada na minha bunda um pouco de lado. Estranhei, mas até então pensei que fosse normal. 


O segundo exercício me deixou mais encabulada ainda. Eu deveria fazer agachamento com uma bola  nas minhas costas grudada na parede, mas enquanto ele me ensinava como fazer ele descia junto comigo. 


Toda vez eu sentia seu pau grudando no meu joelho. Suas mãos em cima da minha perna pra ajudar a descer melhor; rapidinho soube procurar o caminho da minha buceta. 


Ele até olhava pro lado pra disfarçar quando fazia isso. Eu só ouvia ele dizendo que tava errado e iria me ajudar e aí me acariciava de novo. 


Na hora de levantar ele tirou a bola e foi pra trás de mim pois segundo ele era melhor pra eu não me machucar. Seu pau já colado na minha bunda ele me fez levantar. 


Já tava duro, não dava nem mais pra esconder. Me deixando de frente pra parede ele me encoxava na bunda quase tirando meu shortinho. Não demorou muito pra ele estar no chão junto com a minha calcinha.


Colocando seu pau pra fora duro feito pedra eu só senti quando ele cuspiu na cabeça do seu pau e meteu de vez dentro do meu cu. A seco doeu pra caralho. 


Tive que me conter pra não gritar. Coloquei minha mão na boca e tranquei meu cu; acabou deixando mais apertadinho e ele gostou disso... começou a bombar mais forte enquanto puxava os biquinhos das  minhas tetas. 


Meu cu ardia muito, cada estocada dele eu o ouvia me chamando de vadia. Fazendo carinho no meu grelo ele acabou me fazendo gozar antes dele. Rindo ele olhou pra minha cara e me fez chupar seu dedo todo melado com meu melzinho de buceta. 


Abrindo minhas pernas e colocando a cabeça do seu pau na entrada da minha xota ele acabou me encharcando com seu leite. 


Vesti minha roupa e fui pra casa. Em casa minha mãe perguntou quantas vezes por dia eu teria que ir pra fisio e eu disse que seria todos os dias.


comendo novinha inocente


By - Sheillaxv

Comentários