A filha lésbica da faxineira

Na minha adolescência a minha mãe contratou uma faxineira pra ajudar ela em casa. Ela trabalhava em casa 3 vezes por semana e trazia com ela a sua filha Bianca que tinha a mesma idade que eu. 



Passávamos o dia inteiro brincando. Nessa época eu vivia beijando as meninas da minha escola escondido. Uma vez eu e a Bianca estávamos brincando numa rede que tinha na varanda do fundo da minha casa.

Estávamos juntinhas quase espremida deitada enquanto que um lençol deixava tudo que fazíamos em sigilo. Enquanto estávamos lá eu senti uma vontade absurda de beijar a boca dela.


Ela estava tão próxima de mim que eu sentia sua respiração no meu rosto. Teve uma hora que eu não aguentei e acabei dando um selinho nela, quando senti que ela recebeu o beijo de boa eu fui mais fundo e já enfiei minha língua na sua boca beijando ela com vontade.


Ouvimos um barulho de alguém vindo e ela interrompeu um beijo pra ver se não era alguém... estava tudo quieto do lado de fora e ela voltou já me beijando. 


Até então eu nunca tinha trepado com uma garota, ficava só nos beijos mesmo. As coisas ficaram mais quente entre eu e ela e pela primeira vez eu tentei tocar numa buceta. 


Era estranho pra mim, mas eu tava curtindo e ela também. Meu dedo escorregava na sua buceta, hoje eu sei que ela estava bem molhada por causa do tesão. 


Bianca fechava os olhos e me deixava dedilhar sua buceta gostosa, me deu até vontade de sentir o seu gosto. Então saí com ela da rede e a encostei na parede abrindo suas pernas. 


Comecei a chupar sua xota, ainda meio desajeitada, mas era muito bom. Bia soltava uns gemidos que me deixava com um tesão da porra, aquilo me fez ter vontade de tocar na minha buceta enquanto eu chupava seu grelinho. 


Me masturbei gostoso até gozar. A perna dela começou a ficar meio mole e eu senti ela estremecer um pouco, numa última chupada forte que eu dei na sua buceta ela gozou na minha boca fazendo escorrer um pouco pelo canto da minha boca. 


Depois desse disso ela virou minha namoradinha até o dia que a mãe dela parou de trabalhar na minha casa. 

a filha da faxineira


By - Sheillaxv

Comentários