Pedi aumento pro meu chefe e ele me comeu

Me chamo Valesca. Tenho 27 anos e trabalho como secretária numa empresa. Sou alta e chamo um pouco de atenção saudável por onde passo. No meu trabalho eu tenho um chefe que já ficou fofoca rotineira. As garotas do meu setor vivia reclamando do quão safado ele é.



Ele é casado, tem filhas... mas vivia dando em cima das mulheres no trabalho, tinha até boatos de que ele tinha dado uns amassos com umas meninas lá do serviço. Na época eu estava passando por uns apertos financeiros na minha casa e resolvi pedir ajuda do meu chefe pra não ter que procurar um emprego muito longe de casa. 


Achei que ele entenderia minha situação, mas ele se aproveitou do que eu tava passando pra me comer. Assim que cheguei na sua sala ele foi logo me puxando pra sentar num sofá que tinha ali. Sentei de maneira informal e fui explicando as coisas. 

No começo ele foi super compreensível, falava que entendia o que se estava passando comigo e que me ajudaria de todas as formas que ele pudesse. Agradeci muito e quando estava pra me levantar e ir embora ele me puxou novamente e disse que pra isso eu teria que fazer um favor pra ele também.


Aquele descarado só me daria aumento se eu desse minha buceta pra ele. Comecei a desesperar, falei que ele era casado e que aquilo era errado, mas ele não estava nem aí. Foi abrindo o zíper da sua calça e mostrando seu pau que já estava duro. 


Ele se masturbava bem próximo a minha boca e dizia que a condição pro aumento do salário era abrir minha xoxota pra ele. Eu não tinha escolha. Precisava do dinheiro, passei uns 3 minutos pensando nisso enquanto ele roçava seu pau em minha cara. Até que finalmente abri e deixei-o enfiar na minha boca. 


Por dentro eu estava pensando no quanto eu era louca por fazer aquilo e se valeria o sacrifício. Seu pau entrando e saindo da minha boca e a cara dele de contentamento era tudo muito absurdo pra mim. Sua sala era lotada de fotos da família e eu vendo tudo enquanto ele fudia minha boca. 


Suas bolas batiam no meu queixo que até faziam barulho. Ele sentou no sofá e me botou pra sentar em seu colo. Suspendeu minha blusa e começou a sugar meus peitos como se fosse um bezerro faminto. Ele mordia, sugava...me colocava pra rebolar em seu pau. 


Já completamente nua em cima do sofá ele me colocou de 4, deu uma cuspida no seu pau e começou a forçar a entrada do seu pau na minha buceta. Eu não sei se eu estava gostando daquilo. Estava trepando com um cara que eu sempre julgava por ser casado e comer as meninas do trabalho. 


Seu pau entrando na minha buceta e ele feliz por isso me deixava muito constrangida. Ele fazia tanto barulho que eu fiquei com medo de alguém escutar, mas ele não estava nem aí. Ele continuou comendo minha buceta até sentir que ia gozar. 


Quando estava prestes a gozar na minha buceta ele me disse que queria esporrar dentro do meu cuzinho. Eu não sabia o que dizer, levei muito tempo pra responder sim ou não e ele acabou forçando a entrada no meu cu. Só tentei não gritar muito alto, aquilo doía muito. 



Ele forçou tanto que até conseguiu, começou a comer meu cuzinho virgem até gozar lá no fundo. Quando terminou ele se vestiu e me mandou sair da sala dele, pois ele iria providenciar a papelada do aumento de salário.

contos eroticos novinha


By - Sheillaxv

Comentários