Deixei meu padrasto chupar meus peitos

Meu nome é Gaby, e as vezes eu sinto que as pessoas olham diferente pra mim. Sempre tentando tirar uma lasquinha. As primeiras tentativas surgiram quando eu era bem novinha com meus primos. Eles ficavam roçando seus piruzinhos em mim enquanto a gente brincava. 


Quando fiquei mais velha já na escola sempre os meninos me levavam pro cantinho da escola pra ficarem passando a mão em mim. Confesso que eu até gostava do excesso de atenção que eu recebia, mas tentava não demonstrar muito. 

Por causa disso sempre fui muito pra frente em relação a sexo, já sabia muitas coisas quando tive meu primeiro namorado e adorava quando ele era safado comigo. Mas isso quase não acontecia. Quando minha mãe conheceu meu padrasto eu percebi de cara que ele também me olhava daquela forma.


As vezes quando estávamos só eu e ele dentro de casa eu percebia que ele ficava me avaliando. Quase me comendo com os olhos o meu padrasto não tirava os olhos da minha bunda. Quando eu usava um short curto ele sempre dava uma desculpa pra me dar um tapa fingindo ser brincadeira. 

Ele adorava essa brincadeiras de ficar me agarrando e me fazendo cócegas, eu deixava sempre porque gostava também. Um dia em uma dessas brincadeira ele acabou ficando de pau duro em cima de mim. Ele usava um short folgado e pelo visto estava de cueca pois o pau dele foi subindo e ficou parecendo uma barraca.


Fiquei com vergonha na hora, mas ele parecia não ligar muito, continuou me fazendo cócegas e seu pau ficava roçando em mim. Teve um momento que minha blusa acabou descendo e mostrando meus peitos porque eu estava usando um tomara que caia.

Tentei subir rápido, mas meu padrasto segurou minha mão e disse que não tinha problema. Que eu poderia deixar assim pra gente continuar brincando. Acabei deixando pois ele tinha sido muito carinhoso comigo. 

Durante nossa brincadeira de cócegas ele se abaixou e falou que queria me coscar com a boca. Eu deixei, na verdade, ele nem pediu só baixou a cabeça e começou a me chupar. Era pra ser cosquinhas, mas o que eu tava sentindo era tesão. 

Quando ele chegou na altura dos meus seios e começou a chupar eu tive certeza das reais intenções dele. Ele queria me usar igual a todos os outros meninos. E eu claro que deixei, não sei porque, mas só baixei mais a blusa pra facilitar as chupadas dele.

Ele me chupava os peitos com tanta força que até ficou vermelhinho o lugar da mamada. Meu padrasto se levantou e colocou seu pau pra fora da calça. Ficou me fazendo força pra chupar mas eu não quis, era muito grande e eu fiquei com medo.

Ele me disse que não tinha problema e ficou tocando uma punheta na minha frente enquanto mamava meus peitos. Quando ele tava quase gozando ele direcionou seu pau em cima do bico do meu peitos e começou a jorrar em cima de mim. Foi muita porra que saiu escorrendo sujando tudo. Ele me colocou pra tomar banho e lá ele chupava minha buceta pra ficar mais limpa. 


contos eróticos padrasto


By - Sheillaxv

Comentários