Dei dinheiro pra comer a buceta da minha sobrinha

Bianca costumava passar os finais de semana na minha casa por causa de uma piscina que tem aqui. Nunca gostei disso, pois normalmente ela sempre vinha e passava o dia inteiro na água; depois entrava em casa sujando tudo. 


Era uma verdadeira pentelha. Aquilo me deixava louco. Minha mulher não ligava pra isso e até achava engraçadinho. Com o tempo eu acabei cedendo e ela foi crescendo. Sem deixar seus costumes de lado ela completou seus 19 anos com um rabo empinado, uns peitos enormes e as mesmas brincadeiras de criança. 


Ela costumava sentar na beira da piscina pra me tapear. Ficava me pedindo as coisas, pois pra ela eu era o tio com dinheiro. Confesso que no começo eu não gostava daquilo, mas a medida que ela foi crescendo e botando sua bundinha gostosa no meu pau pra me pedir dinheiro eu acabei deixando de lado e aceitando tudo que vinha dela. 


Bianca chegava na minha casa ás 9 horas da manhã de um sábado. Ficava na piscina até meio dia quando parava pra comer e voltava outra vez. Ficava lá até eu aparecer pra tomar uma brisa na cadeira e sentava ao meu lado ou no meu colo. Comecei a ficar de pau duro com suas sentadas até que um dia eu não aguentei. 



Estava somente eu e ela dentro de casa. Ela chegou seguindo sua rotina na piscina, mas quando fui me sentar pra tomar um ar ela veio correndo sentar no meu colo. Eu já tava em alerta depois de passar 3 meses sem trepar, ela toda gostosa daquele jeito, 19 aninhos no couro. Meu pau claramente subiu na hora. 



Tentei disfarçar afastando ela de cima do pau, mas ela insistia em voltar. Cheguei até a pensar que ela estivesse fazendo aquilo de propósito, mas era besteira minha. Ela só queria dinheiro, até que não aguentei mais e disse que daria dinheiro apenas se ela fizesse um carinho em mim. 


Pedi uma massagem no corpo todo,a essa altura eu já pretendia comer ela e só tava esperando o momento. Deixei ela me massagear inocentemente até que pedi pra ela descer suas mãos que estavam no meu peito, quando ela chegou perto de minha sunga ela parou e pensou em subir as mãos. 


Indaguei o motivo dela ter parado e se ela não queria o dinheiro...ela  respondeu que sim, então eu avisei que só daria se ela fizesse carinho na piroca do tio. Ela instantaneamente ficou vermelha, morrendo de vergonha e eu avisei que não precisava....fui acalmando seus ânimos até que ela pegou confiança. 


Coloquei meu pau pra fora e mandei ela me tocar... era bem inocente apesar da idade..ela não tinha maldade nenhuma, tive que ensinar tudo. Tava louco pra chupar aquela buceta então botei ela sentada na cadeira com as pernas toda arreganhada pra mim e enfiei minha cara entre suas pernas pra chupar sua xota. 


Ela gemia tendo sua buceta chupada pela primeira vez. Ela sabia que aquilo era errado e me perguntava toda hora se alguém ia brigar com ela, eu avisei que ela não poderia contar aquilo pra ninguém ou o tio não daria o dinheiro pra ela. 


Me levantei e mirei meu pau na sua buceta. Resmungando ela não queria deixar por causa da virgindade, mas eu não estava nem aí. Na hora só pensava em rasgar sua buceta com meu pau e comecei a penetrar na sua bucetinha. Bucetinha rosa toda apertadinha me fez gozar rapidinho. Enchi de porra sua buceta. Me vesti rápido e dei o dinheiro que ela pediu. Depois disso passei a comer ela em troca de uns trocados que ela sempre pedia... 

contos eroticos incesto



By - Sheillaxv

Comentários