Chupei sua piroca pra conseguir um emprego

Estou na casa dos 34 anos. Me separei do meu marido e estava morando na casa dos meus pais. Estava precisando urgentemente de um emprego pra sair daquela situação. Uma amiga minha tinha me indicado um senhor que tinha lá seus 57 anos que  era dono de um mercado e podia me ajudar. 

Quando cheguei lá ele foi super simpático. Me perguntou se eu tinha experiência. Me ofereceu até um cafezinho. Realmente eu fui muito bem tratada. Fui respondendo suas perguntas até que elas ficaram um pouco esquisitas. 

Aquele velho começou a perguntar se eu era casada e eu respondi que não. Ele perguntou se eu estava bem e se tinha previsão de voltar com ele e eu neguei. Avisei que estava tudo acabado. Até que num súbito ele me perguntou se meu ex marido não tava mais aguentando meu fogo. 

Fiquei constrangida na hora e somente dei uma risada sem graça. Acho que ele não entendeu minha feição de estar desconfortável com tudo aquilo e continuou sendo indiscreto. Ele me olhava de um jeito estranho, como se quisesse meu corpo a qualquer custo. Tentei manter a calma pois precisava que ele gostasse de mim pra conseguir o emprego. 

Por baixo da mesa eu via o pau dele ficando cada vez mais duro. E ele sem pudor algum; enquanto fazia a entrevista ficava passando a mão no pau e olhando pra mim. Até que ele soltou um: ``Pra conseguir emprego aqui tem que fazer o teste do sofá``. Balbuciei  uma palavras sem sentido na hora, mas não consegui falar nada. 

Eu precisava muito de um serviço e só fiquei quieta, assustada e calada enquanto aquele homem chegava cada vez mais perto de mim. Minha cabeça ficou na direção do seu pau quando ele se levantou, ele chegou tão perto do meu rosto que eu conseguia ver ele latejando o pau por cima da calça. 

Até que ele tirou sua jeba de dentro da roupa expondo um pau bem grosso e grande. Pelo menos era bem  maior que a do meu marido. Ele avisou que o exame pra conseguir o emprego tinha começado e eu teria que chupar pra ser aprovada. 

Peguei aquela piroca e enfiei tudo na minha boca. Quase engasguei, mas continuei chupando. Eu ouvia xingamentos do tipo: puta safada, - vou te arrombar toda... no fundo eu acredito que eu tava gostando. Passava 1 milhão de coisas na minha cabeça. Fiquei com vergonha de estar fazendo aquilo.

Ele pediu pra colocar minha tetas pra fora e assim eu fiz, enquanto chupava seu pau ele ficava apertando meus seios. Puxava, batia... as vezes até mordia, eu pedia pra ele parar, mas me respondia que era pra deixar a marca dele. 

Quando estava prestes a gozar ele me botou pra engolir tudo e gozou dentro da minha boca. O jato de porra saiu tão forte que eu até me engasguei. Consegui o emprego, mas pra mantê-lo eu tinha que fuder com ele toda semana. 

contos eróticos teste do sofá
By - Sheillaxv

Comentários